Mãos nervosas.
Mãos afoitas.
Mãos que apertam
e sufocam
sem tocar.

Mãos que não me deixam respirar.

...

E eu não quero respirar.

Não mais.

2 comentários:

ex-amnésico disse...

[Depois de muito tempo]

Eu poderia te ensinar a viver sem respirar...

... o problema é que o toque mãos quentes deixam de ter atrativos...



Beijo meu!

Natalia B. disse...

Saudades de te ler. Esse poema me tirou o fôlego.