Trinômio

Ser tão
Ser só
Tão só
Só ser

18 comentários:

Sentimental ♥ disse...

ah, prefiro 'ser junto'...
bem melhor.
beijos

Ricardo Coiro disse...

Muito bom, isso me lembra algumas coisas do Arnaldo Antunes...

Quanto ao Lenine, tenho certeza que o conheço menos do que deveria, mas gosto do ouço.

Gosto da simplicidade que estimula um passeio por mil possibilidades, desse quebra-cabeça de palavras, que ao mesmo tempo é sensato, lúdico e infinito.


Obrigado.

Lúcia disse...

Minha linda B.! Aqui estou, voltando aos poucos!

Ainda angustiada com o "Trinômio" por "aquele outro" motivo? Espero que não...!

Sabe, também prefiro "ser junto". Ah, como prefiro. Mas quando não há nada a fazer e nos damos conta de que estamos realmente sós, poucos são os que conseguem transformar esta angústia em arte e tocar com esta arte o outro. E deixamos então de estar sós, ainda que por preciosos instantes.

Agora que o Ricardo mencionou, "Trinômio" lembra mesmo algo de Arnaldo Antunes! Hahahh! Mas não... relaxe! É coisa inteiramente sua...!

Beijos, mon ange rouge! ;)

Welker disse...

Criativo... e pensar que com quatro frases, oito palavras ou uma estrofe, você fez um trinômio. Fenômeno? Provavelmente...

Jaya disse...

Bárbara,

Belo-belo.
E com sentidos, tantos.

Brinquei com teus versos, aqui. Modifiquei. Re-coisifiquei. Haha.

Poesia deliciosa.

Beijocas.

P.S.: Fugi do orkut, outra vez. Mas, tô no blog. E por aqui. Sempre. (:

Sr. Poetæ Devassus disse...

concretamente sonoro!

Lee disse...

...
Assim
ser só
ser por
ter de ser...



Slept!

...amigos acontecem... disse...

Nunca é tarde, nunca é demais..
Assim o curso segue, junto e só
bjs

jorge

Cais da Língua disse...

denso e simples!

Helder Herik disse...

oi moça

o amnésico disse...

Bárbara, sempre Bárbara!

anibarichello disse...

Quer saber, adorei.

Ane Talita disse...

O importante é mesmo ser...!

beijos!

perdido disse...

hey...bárbara...
eu matei...meu blog...o divagações viciosas q vc linkou aqui...
decidi recentemente escrever junto ao blog de um amigo...

ando mais interessado em fazer texto literários ultimamente...mas devo estar bem aquém de pessoas como vc por exemplo...hehe...
acho q a ultima vez q nos comunicamos vc estava lendo 'Deus, Um Delírio'...pra variar eu estagnei minha leitura...mas e vc? o q achou?


bom a gente se fala...
beijo...


diego.

mary ienke disse...

Sumida!

Ataualpa Pereira disse...

Poesia concreta. Até no sentido.

Grande abraço.

Fabiano Rabelo disse...

adoro ler algo que me assuste, que me dispare... que me aborresse.
acabei de conhecer o seu blog, li pouco ainda. escolhi esse pra comentar porque talvez tenhas sido das melhores sinteses que vi viva!
Sertão que o diga.

P. Matheus disse...

incrível!!
Belíssima!