Nego o amor até as últimas conseqüências, não quero mais isso pra mim. Não me apego, nem me entrego como costumava fazer. Não começo relacionamentos, mesmo que veja algum futuro neles. Romances só em livros, histórias felizes em contos de fada. Se percebo que começo a nutrir um sentimento por alguém, me afasto e sumo. Cansei de certos melodramas, certos sofrimentos, certas dores. Se posso evitar, não importa a custo de quê, evito.

E continuo me perguntando... por que com você é diferente?

13 comentários:

Mariliza Silva disse...

Queria ser diferente de você nestas horas, mas não! Faço isso direto e depois choro pelo leite não bebido...

Mariliza

J. disse...

Acredito que o motivo é porque ninguém é igual. Ha sempre alguém capaz de despertar sentimentos que antes foram inibidos por opção.
Penso que não importa a custo de quê, receba, sinta e aprecie.

Assim, em pouco tempo e de forma natural terá a sua questão bem respondida.

Um grande beijo a ti.

Paulo Fernando disse...

"É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, pq se vc parar pra pensar, na verdade não há..."

Prefiro optar em quebrar a cara várias e várias vezes, do que ficar com o rosto intacto, mas em solidão. E o amor - aquele sujeito safado que sempre lhe surpreende - deveria, sim, afasta-se de nós, eternamente! Quem sabe os dias não seriam mais verdes assim?
hahaa


Bjos

Monsieur Coçard disse...

pos é... já tive meus momentos ostracistas... e não me arrependo.. realmente pegava e saia fora, antes de criar qualquer laço... mas como tudo na vida isso passa...

qualé bernadete, este é um nome tão bonito... mas é que teu nck era só B. então eu imaginava vários nomes com b, mas este ficou na cabeça... :)

beijos

Késia Maximiano disse...

amei o texto
amei o blog
=)

bjossss

Descharth disse...

Sempre haverá um diferente meu anjo...o que te fará perder o próprio conceito,te fazer sair da fortaleza falsa que criou e jogar as tranças.

Não, não crio laços... sou desistido antes de ter um vínculos com alguém.Isso é bom, me poupa do trabalhoso ato de abandonar.Mas deixa um gosto amargo? Ah isso deixa.

Jéssica disse...

Ah eu me decidi por isso que vc escreveu há muuuito tempo! A vida fica num tom opaco, mas é feliz, ainda.

Da minha parte é convardia.
Mas, por agora, deixe estar.

Elzinha disse...

Já eu não consigo me livrar do amor, ele sempre me vem acopanhado de dor e lágrima, mas tbm vem sorrisos felicidade e ai que me acabo, esqeço da dor e logo ela chega!

=]

-=|Åñð®ë§§ä|=- - disse...

Não deixo mais brincarem com os meus sentimentos. Posso até sofrer, mas n demonstro, uso a borracha, antes que o rascunho me envolva.
Não tem essa de q "ah, depois melhora", o relacionamento começou mal,se é assim, corto logo o "mal" pela raiz. Assim, sofro menos, me chateio menos e perco menos tempo. Se bem q já perdi tanto tempo... águas passadas...

-=|Åñð®ë§§ä|=- - disse...

ah Babi, to atualizando nesse site aqui tb

www.estatuadafonte2.blogspot.com

Bem levinho...
Agora n tem mais do q reclamar!! uahaauaha
beijos

Andy disse...

quanto mais se perguntar mais perto estará de suas respostas, lembre que elas nascem no mesmo lugar das perguntas, mas em tempos diferentes. ^^

Mariana disse...

E pq contigo não pode ser diferente?! Eu acho q pode! Bjos


(mas meu romantismo tb se foi...embora puxe meus pés na beira da cama à noite)

guga disse...

hahaha Señorita B. ewsta se rendendo aos mores.. hehehe