Palavras

Quanto mais as procuro, mais elas fogem de mim.

Pergunto-me por que todos os outros seres da face da Terra não fazem o mesmo. Largar de mão, esquecer, ignorar, enfim, deixar viver. Só assim, essas 1.510.486 coisas que lotam a minha cabeça poderiam ir passear e eu encontraria paz por um minuto (juro que já seria suficiente).
Ironia do destino, não sei por que, diabos, escrevi "deixar viver", quando, na verdade, o verbo é o seu oposto. E, não, não consigo ser otimista quando o resto do mundo me enche de possibilidades absurdas. A única solução que me dá alegria é a morte. Assim todas essas vontades aconteceriam involuntariamente, mesmo que forçadas.

E eu ficaria calada e esquecida, no melhor estilo "que descanse em paz, amém".

17 comentários:

Rachs disse...

Mto cedo pra descansar em paz não é?!
bjos

Sebastiao Moura disse...

...

Bia Ferreira disse...

AH, eu sou da filosifia "viva e me deixe em paz!!!"


linkada!!!

Bárbara P. disse...

Mantenha atenção na vida. No quer para ela, nas pessoas que gosta, no que gosta de fazer... Temos sempre o que desejamos: vida ou morte, amigos ou inimigos, paz ou guerra. O que você deseja, de verdade?

Caroline Bigarel disse...

é verdade: o que me preocupa é a vida, na morte não há mais dor.

A respeito do ultimo comentario, Que projeto literario? Até estaria, sim.

Vou nessa e, blogue em paz! rs

Ana Gotz disse...

Que isso? Pensando em morte com tanta bela vida à se viver?Pára!!

Se algo te incomoda, faça esse algo morrer e viva em paz!

beijos

Carol disse...

Queria poder descançar em paz, mas não morrer!

Não quero morrer agora, é como se eu desse por vencida a batalha da vida aos meus "inimigos."

Beijos ;*:*

Fê Probst disse...

não é necessário morrer para descançar em paz.
Apenas suma do mapa, por uns tempos.
Dê férias para a cabeça.

Júlim Oliveira disse...

ta cedo pra descansar...
tu ainda tem muito pra viver!!!
o bom da vida é os problemas, sem eles tudo ficaria monótomo
bjus

Monsieur Coçard disse...

calma moça... você vai morrer. só não sei quando... e talvez nem você pois mesmo que você mesma faça o serviço, não era um tempo que você sabia... e o braço de maromba? já está melhor? sabe... se tá tudo caminhando para merda, vira ostra! fica um tempo dando tratos a bola, leia bastante... eu mesmo estou frequntando o AsA (Antisociais Anônimos) porque também nem sempre se isolar é a resposta pra tudo... mas ajuda! :)

beijos e melhoras em todos os aspectos

Milene Maciel disse...

Da sua vida, sentimentos e idéias só você sabe...

E quem sou eu pra dar alguma opinião!

Mas mostrar uma idéia contrária, isso eu posso, e é até bom!

A Morte, a meu ver, é tão incerta quanto a vida.
Quem garante que nela alcançaremos a paz?!

Entre o sim e o não, é melhor viver uma vida sem Paz, mas viver!

Se a Morte for o fim, pelo menos tivemos um belo começo!

Beijossss!

Ahhhh... Linkei você, tudo bem?!
=)

Anônimo disse...

B.

O outooftheroad.blogspot.com não morreu não. Só está em um recesso violento e forçado, mas vou resgata-lo das cinzas... cinzas tais que não gostaria que se encerrasse como pretende se encerrar no silêncio.

O post mais recente é um que fiz para o aniversário da mariana. Me sentiria honrado se desse uma olhada.

Bjocas e melhoras ok.

Isadora A. disse...

gosto da idéia de 'descansar em paz', mas consigo imaginar meios mais terrenos de alcançar essa paz, sem precisar de um túmulo...

V.B. disse...

Estou aqui: falandosozinha@hotmail.com (essa sou eu no msn, lembra?) e em theekhaiom@gmail.com.

Mais uma vez: se precisar, escreve. Pode descer a mão no teclado, eu lerei tudinho.

Abraço

Paulo Fernando disse...

"Quando estou mais fraco, é que eu sou mais forte". E, se um dia quiseres morrer, que seja como Deus quiser, a beira de um precipício dourado, com arco-íris nascendo e falecendo na mais bela alvorada do horizonte.... Complicado? Depende do ponto de vista....

É melhor morrer de morte morrida do que te morte matada...

bjos!

LuccyInTheSky disse...

Minha querida eu entendo COMPLETAMENTE oque vc disse... Nao preciso comentar mais nada. Bravo a ti por ter dito o que my soul longs to say... Tem dias que as improbabilidades do futuro, tornam o presente simplesmente insuportavel.
Grande abraco pra vc e espero que uma luz brilhe pra iluminar os nossos caminhos.

kuriozza disse...

Espero que esses dias de tempestade passem logo..

Fique em paz em vez de 'descanse em paz' ok?
=***