Para que fique bem claro,

e somente para isso.

Não me importo com número de visitantes, visitas por dia, comentários, nem nada do gênero. Escrevo para mim e só tenho esse intuito, pelo menos quando se trata disso aqui. Leio e comento por que gosto, os viciados em leitura me entendem. Não tenho, e nem nunca tive, vontade de ficar famosa no mundo virtual.

E por que um blog, então? Compre um diário!

Teclar é muito mais fácil do que escrever manualmente, além do mais já faço isso em excesso na faculdade. Fora que existem amigos que gostam de ler todas essas coisas sem sentido, e pedem que eu volte a escrever sempre que deleto algum blog. Esse está durando até mais do que deveria, indeed.

Enfim, moral da história: Não me surpreendo com elogios (até por que tenho um sério problema com eles), nem choro ou me abalo com críticas e xingamentos (até gosto das bem argumentadas e de incomodar certos indivíduos mal-nascidos e mal-amados). Quer vir aqui? Venha. Quer ler? Leia. Quer falar? Fale. Bem ou mal, não me importo. De verdade.

Mettez-vous à laise et laissez-moi en paix.
C'est tout.


"Você vai me seguir aonde quer que eu vá. Você vai me servir, você vai se curvar. Você vai resistir, mas vai se acostumar. Você vai me agredir, você vai me adorar... "

5 comentários:

Ataualpa S.Pereira disse...

Quanto tempo não?
Em verdade vos digo que os egologs passam bem longe do seu espaço Srta. Fama me cheira a massa e esta última elenca ídolos desprezíveis na maioria das vezes.

A propósito, fico muito grato pelos elogios.

Harmonia.

Laura disse...

Salut ^^

j'ai eu un problème avec mon blog...

mon petit-ami m'a demandé sur le pourquoi que j'écrivais mes idées à l'internet
c'est ça, l'amour pour l'écrire


===

tentei escrever em francês..
se tiver algo errado, vc poderia me corrigir?
valeu ^^

Jennifer disse...

Acredite, mocinha! Não há motivo para mentiras...

guga disse...

bom então não vou comentar aqui!

pra vc não ler isso...


hehehe...

fui!
bjos!

valeu pela visita na minha Maldita

kuriozza disse...

Nesse mundo maluco a gente encontra tantas coisas boas e ruins.. tantas pessoas legais e outras tão vazias. É bom escrever sem compromisso, sem gana, sem segundas intenções.. É preciso simplesmente sentir.

Adorei as mudanças =]