Paixão, não amor.
Tesão, não amor.
Sexo, não amor.
Desejo, não amor.
Loucura, não amor.
Insanidade, não amor.
Carência, não amor.
Sedução, não amor.
Paixão, não amor.

Não amor, não.
Nunca amor, nunca.

7 comentários:

Gabriela Guimarães disse...

hummmm... nunca é muito tempo!

andy disse...

concoro...sempre e nunca são palavras que usamos de forma exagerada, quem sabe o amanhã não é?
beijos

Pedro Feital disse...

até q enfim encontro alguem q pensa pelo menos parecido comigo
pra mim, amor é utopia, é fábula
beijinhos linda

Tamara disse...

Se mudarmos uma vírgula de lugar muda toda a história.

........
Criativo o seu perfil. Gostei!

kuriozza disse...

Concordo. Nunca é tempo demais...

Tenha uma ótima semana!

BionicBuddha disse...

Great blogsite!




www.bionicbuddha.com

T'maitre disse...

O espaço e o tempo não limitam a arte e o dom...
Nunca se torna sempre e sempre é nunca... As palavras que nunca nos limitam são sempre aquelas que nos limitam muitas vezes...
Ah~ Chega de viagens...
Sinto a falta da B. ^^
Beijo gostoso